Óleo de Côco Fracionado ou Óleo de Côco normal (virgem)?

Óleo de Côco Fracionado ou Óleo de Côco Normal (Virgem)?

Óleo de Côco Fracionado ou Óleo de Côco Normal (Virgem)?

Óleo de Côco Fracionado ou Óleo de Côco Virgem? Eis a questão.

Índice por tópicos

Com a utilização de óleos essenciais vai ser natural ouvir falar mais e mais de Óleo de Côco Fracionado, mas para a maioria das pessoas "Fracionado" cria estranheza. Como pode gerar alguma confusão nós explicamos!

Como é produzido o Óleo de Côco Fracionado?

O Óleo de Côco Fracionado é o Óleo de Côco Virgem depois de destilado. Este processo de destilação permite que os ácidos gordos de cadeia longa se separem e solidifiquem para remoção. À repetição deste processo, chamamos de fracionamento. O processo pelo qual o óleo vai sendo progressivamente fracionado até estar livre destas gorduras mais "pesadas".

O fracionamento de um óleo é possível devido a diferentes pontos de fusão das várias gorduras. Encontram-se os vários pontos de fusão, deixa-se arrefecer e faz-se a remoção da gordura agora solidificada. A parte sólida do óleo é então separada da parte líquida num processo que pode levar várias horas até estar concluído.

Então o que é o Óleo de Côco Fracionado?

O Óleo de Côco Fracionado é o que sobra desta separação/fracionamento. Apresenta-se como um óleo translúcido, inodoro, muito leve e que não entope os poros da pele quando aplicado, ao contrário do virgem, entrando mais a fundo na epiderme.

Este óleo ainda assim mantém os seus benefícios nutritivos, com ácidos gordos de cadeia média e nutrientes essenciais nesta nova forma líquida, mesmo em temperaturas frias e com um tempo de validade prolongado face ao virgem.

Óleo de Côco Fracionado vs Óleo de Côco Virgem: As características de cada um

O Óleo de Côco Virgem

  • é sólido em temperaturas ambientes mais baixas, o que o torna muito pesado para ser usado como óleo facial.
  • é menos processado, por isso mantém o ácido láurico e outros ácidos gordos de cadeia longa, porém pode obstruir os poros após arrefecimento.

O Óleo de Côco Fracionado

  • permanece na forma líquida, mesmo em temperaturas mais baixas.
  • tem menos probabilidade de obstruir os poros ou causar erupções cutâneas.
  • é mais facilmente absorvido pela pele.

A perda do Ácido Láurico no Óleo Fracionado

É um facto. Perde-se este ácido gordo no processo de fracionamento e estudos científicos têm dito que este ácido traz vários benefícios. Entre eles ajudar na perda de peso, a restaurar a saúde da pele danificada ou seca (por exemplo psoríase) ou prevenir e tratar pele afetada por fungos já que tem uma ação antibacteriana. Por comprovar estão ainda os seus efeitos sobre o colesterol.

Contudo o ácido láurico é apenas um dos muitos componentes do óleo por isso para já os estudos não têm conseguido determinar o quanto destes efeitos poderiam ser atribuídos a este ácido.

Como em tudo na Natureza, apesar da ciência se especializar em isolar, é na combinação das partes que se encontra o efeito. Por isso isolar este ácido e dizer que ele é o responsável por todos estes benefícios seria errado. Quando na natureza tudo se potencia.

Conclusão

Por um lado perdem-se qualidades mas ganham-se outras. Se o Óleo Virgem tem ácidos gordos de cadeia longa (por exemplo Ácido Láurico) por outro lado tem tendência a ser mais dificilmente absorvido pela pele. Por outro outro temos o Óleo Fracionado que é mais versátil na sua utilização, hidrata profundamente a pele e não entope os poros, contudo não tem os benefícios do Ácido Láurico.

Uma coisa é certa ambos são profundamente hidratantes e nutritivos para a pele. São ambos processados ​​naturalmente (extraídos sem o uso de produtos químicos), portanto, ainda contêm muitos nutrientes essenciais para sua pele.

Agora já sabe, dependendo do que procura, assim pode escolher o óleo na forma adequada!

Shop the products in this article

Leave a comment

* Required fields

Please note, comments must be approved before they are published

O que são e como tratar das frieiras?
O que são e como tratar das frieiras?
Conheça a nossa sugestão de como tratar das frieiras de forma natural utilizando óleos essenciais e outras receitas como chás...
Read More
A compostagem de restos de alimentos sim! Mas e de produtos?
A compostagem de restos de alimentos sim! Mas e de produtos?
Hoje em dia cada vez mais se fala em compostagem e especialmente compostagem doméstica. Compostar em apartamentos não é certamente...
Read More
12 Combinações de óleos essenciais para utilizar no seu difusor
12 Combinações de óleos essenciais para utilizar no seu difusor
Utilizar os óleos essenciais de forma Aromática deve sempre ser feita através de um difusor ultrasónico, as excepções são as...
Read More