colares difusores aromaticos aromatizadores

Colares difusores, porque que é que a Bem&star Essencial não vende?

Colares difusores, porque que é que a Bem&star Essencial não vende?

Provavelmente já viu à venda e poderá até ter comprado um, estamos a falar dos colares difusores ou aromáticos que se encontram à venda em algumas lojas de produtos naturais ou outras.

Estes colares são normalmente constituídos por um pingente seja metálico ou cerâmico e regra geral ou levam uns pequenos discos de algodão standard que se podem ir trocando ou então têm um orifício para inserir um algodão com 1 a 2 gotas de óleo essencial.

As Aplicações da Aromaterapia

É importante lembrar de forma breve como funciona a aromaterapia. O aproveitamento terapêutico dos óleos essenciais passa por 3 tipos fundamentais de utilização/aplicação, Tópica (na pele), Aromática (no ar) e no caso dos óleos essenciais da dōTERRA também Internamente (ingestão). Se quiser saber mais sobre os métodos de aplicação dos óleos essenciais leia este artigo.

Assim por aplicação tópica entende-se usar na pele, seja óleos puros ou diluídos. A aplicação aromática passa por utilizar um difusor ultrasónico (nunca queimadores com vela que deterioram os compostos dos óleos através do calor). E internamente, ingerindo por exemplo dentro das cápsulas vegetais dōTERRA.

Então e a Bem&star Essencial não vende este tipo de colar, porquê?

Os óleos essenciais são substâncias altamente voláteis, quer isto dizer que em contacto com o ar evaporam-se relativamente rápido. Por esta razão os benefícios em colocar um óleo essencial num algodão ou filtro e utilizar num colar que vai ter ao peito são muito duvidosos.

O aroma dos óleos essenciais é dividido em 3 notas, essa nomenclatura veio emprestada do fabrico da perfumaria, e ainda que as possibilidades terapêuticas da aromaterapia superem em muito o mero perfume do óleo, é importante lembrar que essas 3 notas categorizam a rapidez de acesso que o nosso sistema tem às moléculas enquanto inalamos o óleo.

Temos as

  • notas de topo (moléculas mais leves)
  • notas médias
  • notas base (moléculas mais pesadas)

Ao inalar correctamente um óleo iremos estar a cheirar as notas de topo (início), ao longo do tempo as notas médias (entre o início e o fim do aroma) e as notas base (o aroma final antes de evaporar completamente).

Neste caso as notas equivalem também a dizer = as moléculas dos óleos. Afinal de contas focamo-nos no conteúdo terapêutico e não só no perfume.

Podemos então descrever que as notas/moléculas mais rápidas a chegar ao cérebro são as notas/moléculas de topo, depois as médias até chegar às notas/moléculas base.

As notas de topo são as que mais depressa se evaporam e portanto as que mais depressa chegam ao nosso sistema olfativo e cérebro quando inalados correctamente.

Por isso mesmo! Para fazer uma correcta inalação de um óleo essencial deve-se colocar 1 a 2 gotas nas mãos, prontamente esfregá-las, e logo de seguida colocá-las em forma de concha à volta do nariz e inalar profundamente. A partir daqui podemos repetir o processo, esfregar as mãos, fazer uma concha e inalar. E cada vez que o fizermos estaremos a ter acesso, à medida que o tempo passa, às notas médias e às notas base.

Ao utilizar o colar o facto é que depois de aplicar o óleo no algodão, vai trabalhar ou vai passear para a rua, na prática acaba por dispersar rapidamente no ar o aroma dos óleos perdendo muito do seu efeito terapêutico. A inalação que vai fazer é passiva e o colar estando muito distante do sistema olfativo resulta em pouco ou nenhum benefício.

Para além disso um bom óleo essencial por si só evapora rapidamente, excepto os óleos com mais notas base (moléculas mais pesadas), tais como o Vetiver, Patchouli, Frankincenso, Mirra, Sândalo, quanto mais em contacto com algodão, nesse caso a velocidade da evaporação aumenta quando comparando com a aplicação na pele. Ao aplicar o óleo essencial na nossa pele, este mistura-se com a oleosidade natural presente na derme resultando em perfume mais prolongado.

perfume natural óleos essenciais

Mas se calhar diz assim:

Mas o colar dava para usar como perfume! 🙄

Se quiser usar como perfume esqueça o colar e utilize o óleo diretamente na sua pele, diluído ou puro o óleo na sua pele traz benefícios porque entra diretamente na corrente sanguínea. No caso dos colares como o óleo é colocado no algodão e não nas mãos perde-se praticamente o acesso às notas de topo enquanto inala, mas também o acesso à terapêutica que o óleo tem para oferecer topicamente.

Só para ter um exemplo, um estudo(1) feito com Óleo de Lavanda revelou que apenas 15 minutos após o início de uma massagem abdominal com 2% de Lavanda e 98% de óleo de Amendoim, já era possível ver traços dos compostos principais deste óleo o linalol e o acetato de linalil na corrente sanguínea.

Os nossos óleos essenciais dōTERRA são tão bons que se quer ter um perfume natural siga este conselho, use os óleos como perfume aplicando-os diretamente na sua pele. Assim fica com o perfume e com todos os benefícios terapêuticos!

Referências:
1- Jager W, Buchbauer G, Jirovetz L, Fritzer M. Percutaneous absorption of lavender oil from a massage oil. J Soc Cosmet Chem. 1992;43(1):49-54.

Encontre aqui os produtos falados neste artigo

Deixe um comentário

* Campos obrigatórios

Os comentários vão ser aprovados antes de serem publicados

Os 5 melhores óleos essenciais para o sistema respiratório
Os 5 melhores óleos essenciais para o sistema respiratório
Vamos então falar dos melhores óleos essenciais para a(o) ajudarem a respirar melhor e mais facilmente. Se é natural ter...
Ler Mais
Como fazer o meu Gel Desinfetante com óleos essenciais? Conheça a receita!
Como fazer o meu Gel Desinfetante com óleos essenciais? Conheça a receita!
Nota:Antes de mais queremos advertir para várias pessoas que são consultoras de bem-estar dōTERRA e que estão a publicar receitas...
Ler Mais
Está na hora de criar o seu desodorizante porque os convencionais causam cancro?
Está na hora de criar o seu desodorizante porque os convencionais causam cancro?
Desde que se começou a falar dos efeitos do alumínio e dos parabenos (conservantes usados na área da cosmética/higiene), ligando...
Ler Mais